Madeira, o material perfeito para a construção de escolas

Madeira, o material perfeito para a construção de escolas

Grande parte de nossas memórias da infância são da escola. De acordo com um estudo recente, “todos os anos, as crianças permanecem uma média de 1.300 horas em edifícios escolares”.


Mas mesmo com todas as mudanças vividas, principalmente no que respeita ao ensino online, é notável que os projetos das escolas se mantêm muito similares a modelos, de algum modo, ultrapassados.

Idealmente, a tipologia dos espaços educacionais e a configuração das salas de aula deveriam adequar-se a formas mais contemporâneas de ensinar e aprender. Todas as superfícies e materiais exercem uma influência importante tanto para o bem-estar como para a aprendizagem dos alunos.

Uma acústica deficiente pode prejudicar o processo de aquisição de conhecimento, interferindo na atenção e piorando a comunicação entre aluno e professor. Outro fator primordial é a qualidade do ar interno. Segundo a EPA (United States Environmental Protection Agency) um ar interno com qualidade adequada é um componente importante para um ambiente saudável e pode ajudar a atingir no objetivo principal de educar as crianças. Um ar interno poluído – algo que é mais comum do que imaginamos -, pode desencadear doenças respiratórias e até prejudicar a capacidade de realizar tarefas que exigem concentração, cálculo e memória.

Por essas e outras razões, ao especificar os materiais para uma construção nova ou uma renovação de uma escola, é imprescindível atentar para diversas variáveis que contribuirão significativamente para a qualidade de vida dos utilizadores.

  • Várias pesquisas têm mostrado que a resiliência e a versatilidade da madeira tornam-na um material de construção bastante indicado para escolas, ajudando a criar ambientes seguros, saudáveis ​​e inspiradores.
  • Uma pesquisa realizada entre a University of British Columbia e FPInnovations concluiu que a presença visual de madeira no interior dos edifícios ajuda a reduzir os níveis de stress nos utilizadores.
  • A atenuação e absorção de som da madeira fornecem benefícios acústicos valiosos – criando flexibilidade na sua aplicação, desde um ginásio até uma biblioteca.
  • Outro ponto que pode pesar positivamente na escolha da madeira para as escolas é a redução do tempo de construção.

Fonte: Archdaily

Copyright PORTILAME 2021. Todos os direitos reservados.